1948

A Artecola teve origem no dia 5 de maio de 1948, com a fundação da Fábrica de Tintas e Colas Ltda., em Novo Hamburgo.

Com o objetivo de criar a empresa que foi o embrião da Artecola, o fundador Francisco Xavier Kunst teve o apoio da esposa Irma para vender o único bem que possuía ? a casa onde moravam também os cinco filhos do casal, em Novo Hamburgo (RS) ? para formar o capital e se associar a Albano Adams. O empresário era dono da Calçados Adams, onde Xavier trabalhava e que se tornaria a principal cliente do novo negócio.

Apenas dois anos depois, no entanto, a Calçados Adams faliu. Foi preciso muito esforço da família Kunst para manter a empresa de pé e seguir se desenvolvendo, sem o maior cliente e com a sociedade desfeita. Trabalhando dia e noite na produção, venda e entrega dos produtos, Kunst garantiu que a pequena fábrica sobrevivesse e seguisse em atividade.

1954

Em 1954, após trocas na composição societária, a empresa passou a se chamar Kunst e Algayer Ltda.

Em 1958, quatro dos cinco filhos do fundador ingressaram na empresa que, a partir dali, sempre manteve ao menos duas gerações trabalhando juntas. Em 1959, nova alteração societária levou ao nome F. Xavier Kunst & Cia.

Os anos seguintes marcaram importantes avanços na empresa. Em 1963, tiveram início as operações da Fábrica de Calçados Andarsa, integrante da F. Xavier Kunst & Cia. Em 1965, começou a produção do adesivo sintético. Com o novo produto, a empresa tornou-se pioneira na região em consultorias técnicas aos clientes.

1970

Em 1970, a organização passou a exportar para Chile, Argentina, Peru, México e Colômbia.

Em 1973, veio a ampliação da linha de produtos oferecida ao mercado, com contrafortes, couraças, forros e palmilhas se juntando aos adesivos produzidos até então.

Em 1978, um grande incêndio destruiu a única fábrica, no bairro Canudos, em Novo Hamburgo (RS). Em menos de uma semana, todo o fluxo de produção e entregas já estava normalizado, mostrando a força da empresa, que crescia a cada ano. Vigor que se consolidou com a inauguração da nova planta industrial em Campo Bom (RS), em 1979, quando passou a se chamar Artecola Indústrias Químicas Ltda.

1980

Nos anos 80, membros da terceira geração da Família Kunst começam a atuar na companhia.

Houve o início da implementação de práticas de governança. Com a segmentação das áreas de atuação, foram criadas as unidades estratégicas de negócios.

Os anos 90 foram de expansão. Começaram as atividades da Artecola na Argentina e foi elaborado o primeiro Planejamento Estratégico de longo prazo (10 anos). Também foi conquistada pela primeira vez a certificação ISO 9001. Em 1999, houve a criação da Artegor Laminados Especiais, joint venture com a empresa G.O.R. do Grupo Solvay.

2000

Em 2000, tiveram início as atividades da Artecola Chile e da Artecola México, neste país em parceria com a Rhenoflex.

A aquisição da Madepa, na Argentina, ocorreu em 2002 e, no ano seguinte, a Artecola passava a atuar também no Peru.

O ano de 2003 marcou o falecimento do fundador da empresa, Francisco Xavier Kunst.

A aquisição da PIN Colômbia ocorreu em 2005. Em 2006, foi a vez da ADDAX, em São Paulo. A expansão internacional se intensificou em 2007, com aquisição de quatro empresas, no Chile, Peru, Argentina e México. Uma outra companhia foi adquirida no México, em 2008.

Com isso, a empresa se torna referência na América Latina, como projetava em seu Planejamento Estratégico. Em 2010, a Artecola Química obtém a certificação ISO 14001/2004 e dá início ao novo ciclo do PE.

2013

A expansão internacional segue em 2013, com a criação da Artesol, joint-venture entre Artecola Química e a Orisol, para produção de adesivo em pó (Artepowder) na China, uma importante investida no mercado asiático.

No mesmo ano, acontece a aliança societária com líder de adesivos na Colômbia, resultando na Pegatex Artecola.

Ao longo dos anos, muitos outros setores e parcerias foram alvo de atuação da Artecola. Em 2016, no entanto, a empresa decidiu revisar sua estratégia e passou a se dedicar unicamente ao seu ramo químico e à América Latina, saindo dos demais negócios.

A inauguração em 2017 da nova planta de adesivos na Colômbia, a mais moderna da América Latina, reforçou a atuação na área química. Em 2018, a empresa celebra seus 70 anos com a inauguração do Memorial Artecola, na Matriz, em Campo Bom.